2leep.com

Faça sua busca no blog

quarta-feira, 17 de novembro de 2010

RECATO...UMA QUESTÃO DE REVERÊNCIA...


Há alguns meses atrás, as auxiliares de minha estaca (Incluindo eu) recebemos um treinamento muito oportuno com a sister Tobias (esposa do Élder tobias, um 70 de área) onde ela abordou a importância das alas trabalharem mais o assunto sobre RECATO!

E realmente me fez pensar...
Nós mostramos muito quem somos através de nosso modo de se comportar,agir e se vestir!
Na verdade...transmitimos para as pessoas um verdadeiro"marketing pessoal", levamos para fora a imagem do que trazemos dentro de nós.
Nós somos o que vestimos! Devemos mostrar espiritualidade em que fazemos e usamos.
Quando entrei na igreja eu era uma jovem adulta, e é claro, meu padrão de vestimenta fugia aos padrões do evangelho...mas lembro que quando resolvi me batizar,tomar o nome de Cristo sobre mim...
Fiz uma mudança de dentro pra fora! Peguei todas peças curtas e fora dos padrões que possuia, coloquei tudo dentro de várias sacolas plásticas, e doei.
Eu estava tão decidida a ser uma "sud", que sequer senti pesar... eu sabia o que quería, e o que eu queria era mostrar a minha transformação para o Senhor.
E é claro, a roupa gera um comportamento!
Apartir dai ,meu testemunho despertou...ele nasceu da ação! Do desejo de me moldar aos padrões que o Salvador estabeleceu para suas filhas.


Eu sei que uma mulher sud precisa ser exemplo e por onde ela passar...
precisa deixar uma impressão... e esta impressão precisa ser a melhor possível!!



As mulheres suds são conhecidas, por sua feminilidade e seu bom gosto em se vestir.


Estou preparando uma aula sobre o tema Recato, para sugerir as alas que utilizem o material no 1º domingo ou em reuniões adicionais. E convidem as lauréis (combinando com a presidente das moças) para participarem...será muito interessante já ir preparando-as para a transição.
Quando o material estiver pronto...dividirei com vocês!

Beijinhos com carinho especial,

Kakau

Um comentário:

Carla disse...

Esta sendo um prazer descobrir que posso ser feminina e elegante dentro dos padrões, fui batizada a seis meses e ainda estou me adaptando, porém já fiz mudanças grandes (aliás nosso pai celestial fez) seu blog é muito bom! Um grande abraço....